Grande Rainha

grande_rainha.jpgOutros Títulos: Rainha da Guerra, Rainha dos Corvos, Dama do Entardecer

A Grande Rainha é a deusa da guerra e da morte em Bastion. Existem registros de seu culto anteriores a queda das antigas civilizações, mas o que sobrou de sua religião é uma série de crenças e histórias incompletas e sem contexto. Sacerdotes desta deusa repetem ensinamentos que perderam passagens inteiras ao longo dos séculos, completando estes espaços com suas próprias opiniões.

A falta de uma compilação das doutrinas desta religião é um dos grandes impeditivos para que ela cresça: as diferenças de ensinamentos nos diversos cultos da deusa impedem que eles consigam trabalhar em conjunto para espalhar sua religião.

Os diversos cultos concordam em alguns pontos: a Grande Rainha não defende o bem ou o mal, o caos ou a ordem. Mas ela é parcial: ela oferece suas dádivas aqueles que ela deseja ver vitoriosos em batalha.

Se tornar um favorito da deusa é uma tarefa difícil, que exige ser bem sucedido numa série de provas. Em troca a deusa premia seus favoritos com sorte na batalha. Ela, porém, não adia a morte de ninguém. Nem mesmo de seus campeões.

O outro aspecto comum a todos os cultos, é a certeza que a Grande Rainha odeia os mortos-vivos. A deusa envia visões a seus fiéis da localização de criaturas desmortas perigosas, esperando que eles destruam esses seres.

Sua imagem costuma ser representada como uma mulher de cabelos escuros e longos. Entre os cultos que enfatizam seu lado guerreiro, ela também é representada vestindo uma cota de malha. Nos cultos que enfatizam sua ligação com a morte, ela veste um manto negro. Nas duas representações, ela sempre carrega uma lança nas mãos e pelo menos um corvo repousa próximo dela.

Tendência: Neutra
Arma Favorecida: Lança
Símbolo Sagrado: A imagem de um corvo de asas abertas
Domínios: Guerra, Morte

Grande Rainha

Bastion cesarld